Sul Energia

NOTÍCIAS E
NOVIDADES

Tesla inicia a fabricação de painéis solares em formato de telhas

06 de fevereiro de 2018 Geral

A Tesla apresentou painéis solares que imitam o estilo de telhas convencionais. A ideia é estimular mais pessoas a adotarem esta fonte de energia renovável sem prejudicar o visual da casa.

A empresa anunciou que vem produzindo suas telhas solares (Solar Roof) desde dezembro na fábrica de Buffalo, Nova York. Em breve, elas serão instaladas nas casas de quem fez a reserva.
Os painéis Solar Roof usam um truque de perspectiva para se parecerem com uma telha tradicional. Eles têm uma pintura especial da 3M que camufla as células de energia: são transparentes quando vistos de cima, deixando a luz entrar; mas parecem feitos de ardósia ou terracota quando vistos do ângulo da rua.
 

Esses painéis são feitos de vidro temperado, e por isso são três vezes mais resistentes que telhas convencionais. Eles têm garantia “infinita”, pela duração da sua casa. E a energia pode ser armazenada na bateria doméstica Tesla Powerwall.

Ainda por cima, a Tesla diz que suas telhas são acessíveis: custam US$ 235 por metro quadrado, contra US$ 263/m² de painéis solares convencionais. É um custo entre 10% e 15% menor.

Para adquirir o Solar Roof, é preciso fazer um depósito de US$ 1.000 para a Tesla. Ele será instalado nos telhados de alguns clientes nos próximos meses. No ano passado, as telhas foram colocadas nas casas de alguns funcionários, incluindo Elon Musk e o diretor técnico JB Straubel, em fase de testes.
 

A Tesla também está fabricando painéis solares que podem ser instalados por cima do telhado. Eles têm capacidade de 325W, e vêm sendo produzidos em parceria com a Panasonic; mas ainda não foram instalados nas casas dos clientes.

No momento, o foco principal está em aumentar a produção do Model 3, carro elétrico de US$ 35 mil. Ele vai de zero a 100 km/h em 5,6 segundos, e possui um interior minimalista — uma touchscreen de 15 polegadas serve como painel. A Tesla planeja fabricar cerca de 2.500 unidades por semana.

Com informações: Reuters
Site Ambiente Energia

Gostou? Compartilhe!
VOLTAR AO TOPO